Trabalhadores da Copel aprovam acordo de trabalho

teste 4

Por 2.294 votos a favor e 1.805 contra, os trabalhadores da Copel aprovaram a proposta da empresa para o Acordo Coletivo de Trabalho 2014/15. Os votos, resultantes das aproximadamente 50 assembleias realizadas pelo Coletivo Sindical da Copel, foram apurados nesta terça-feira (30), em Curitiba, no Km3.

Durante a apuração também foram contabilizados 6 votos nulos, 3 brancos e 65 abstenções. A votação  apertada, com recusa de cerca de 40%, apesar de resultar na aprovação do ACT demonstra a insatisfação dos empregados da Copel com a proposta da empresa e com a pressão para a aprovação do acordo às vésperas das eleições.

Cabe ressaltar a recusa do Coletivo em levar a primeira proposta da empresa à votação, que, dentre outros itens, previa reajuste de apenas 6,6%. Portanto, a insistência dos sindicatos em avançar as negociações, em propor um novo debate das reivindicações dos copelianos, possibilitou alguns avanços na proposta do acordo.

Dentre os itens aprovados nas assembleias destacam-se o reajuste salarial de 7,5%, aumento do vale-alimentação para R$ 840,00,a inclusão do vale-lanche no ACT com aumento para R$ 100,00, reajuste do auxílio-creche para R$ 400,00 e do educação para R$ 700, e pagamento de abono salarial de uma remuneração nominal acrescida de R$ 4 mil fixo. Confira no site do Coletivo Copel a minuta do ACT com as propostas da empresa em http://www.slideshare.net/armandoje/minuta-39301115.

Com a aprovação, a Copel se comprometeu em pagar o abono até a próxima sexta-feira (3), bem como aplicar o reajuste na folha de outubro. Esta  é a primeira vez em que a empresa pagará as diferenças salariais na data-base.

Confira também

AVALIAÇÃO DO COLETIVO CSEC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *